Mais notícias

Secom UnB

COMUNICAÇÃO - 18/04/2016

Versão para impressão Enviar por e-mail

Universidade terá três novas páginas na internet

Sites ampliam acesso a informações científicas, administrativas e do cotidiano acadêmico


Thaíse Torres - Da Secretaria de Comunicação da UnB



 Tamanho do Texto

O portal de internet da UnB traz novidades para o mês de abril. Três sites serão lançados no próximo dia 18: um para comunicações da administração, outro que reformula a página de ciência e um novo espaço para notícias da Universidade. Todas as páginas foram pensadas para ser acessíveis também por tablet e celular.

O Administração Informa é um espaço para comunicados e matérias de algumas das principais questões administrativas da instituição. O usuário poderá encontrar, por exemplo, informações sobre atos, moradia, conselhos e decisões dos gestores.

No renovado UnB Ciência, será possível acessar o conteúdo relacionado à produção científica da Universidade. O leiaute e o conteúdo da página foram atualizados por completo. 

Já a página UnB Notícias vai ampliar e garantir mais destaque às informações do dia a dia. "Esses lançamentos são resultado de um esforço coletivo para aprimorar a comunicação na Universidade", afirma o secretário de Comunicação em exercício, Hugo Costa. Ele destaca a integração de profissionais de áreas distintas na produção das páginas. "São pelo menos dois anos e meio de dedicação das equipes atuais e de outros profissionais competentes que já não estão mais com a gente".  

As novas páginas serão integradas e é possível acessá-las tanto pelo endereço de cada uma, quanto por links que estarão em selos.

O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO – As funcionalidades e o desenho das páginas foram desenvolvidos por colaboradores da Secom. "Foi um trabalho realizado com muito cuidado. Procuramos sempre nos orientar pelo Manual de Identidade Visual da UnB, preservando a harmonização dos elementos gráficos", explica Marcelo Jatobá, responsável pela área de programação visual da Secom.  

A parceria com o CPD se intensificou no início deste ano, após a base das páginas de ciências e de notícias serem programadas por empresa privada. "Foram dois meses de trabalho intenso com uma equipe de cinco pessoas para desenvolver os sites em cima de tudo que já havia sido feito pela Secom”, explica Rodrigo Rocha, um dos integrantes do grupo de trabalho do CPD.

O servidor da Secom, Amilton Alves, que trabalhou na coordenação e desenvolvimento do projeto, conta que a colaboração do CPD foi a melhor possível. "Eles abraçaram a ideia e trabalharam bastante, foram muito solícitos. A parceria também será fundamental para os próximos passos que incluem um novo portal para a UnB".

Amilton foi acompanhado desde o início do projeto pelo ex-secretário de Comunicação Fernando Molina, que se diz "muito satisfeito com o resultado" por se tratar de um trabalho em equipe. "Esse é o caminho: a Universidade dispõe de todas as competências necessárias para desenvolver, implementar e monitorar sua estrutura web".   

Após o trabalho conjunto, a informação foi estruturada de modo que a página seja a mais funcional possível. Essa ideia foi aliada à organização visual, que também foi pensada para que a disposição dos elementos seja agradável aos olhos do usuário. “A arquitetura de informação dos sites foi pensada para facilitar a busca por informações e reduzir as chances de que a página não seja compreensível” diz o diretor do CPD, Jorge Fernandes.

”Retiramos alguns componentes que deixavam a página poluída e faziam com que o visitante ficasse perdido”, completa Marcelo Jatobá.

A NOVA FASE – No momento, o CPD está trabalhando na migração das páginas de decanatos e depois irá disponibilizar os templates para as demais unidades da Universidade que desejem utilizar os novos leiautes.

 “É possível, trabalhando a partir do modelo que fornecemos, construir um site em algumas semanas”, explica Jorge Fernandes.

É muito importante que as unidades façam a adesão à esse novo gerenciador de conteúdo porque em algum momento as páginas antigas ficarão bloqueadas para a inclusão de novos leiautes. “Os desenvolvedores param de fazer atualizações para versões obsoletas”, esclarece Rodrigo Rocha.

As unidades que se interessarem em ter novas páginas baseadas nesse modelo podem solicitá-las ao CPD. Ainda não há previsão para essa etapa, mas é possível obter informações aqui.

Uma vez feita a adesão ao template, o site passa por uma validação e o usuário tem um período para fazer um teste final do que foi entregue. Em seguida ele receberá orientações de como usar a plataforma  desenvolvida pelo sitema Joomla. “Daremos autonomia ao usuário para que ele mesmo possa administrar seu conteúdo”, explica Riane Oliveira, da equipe do CPD.

A Secom continuará trabalhando com o projeto após o lançamento dos novos sites. Além da divulgação, que será feita, em princípio, por meio de redes sociais e da página inicial da UnB, também é possível tirar pequenas dúvidas. “Trabalharemos dando suporte e orientando sobre o uso da marca”, explica Amilton Alves.


Serviço:

Informações sobre templates no CPD:31070151 ou sitesau@unb.br

Todos os textos e fotos podem ser utilizados e reproduzidos desde que a fonte seja citada. Textos: Secom UnB. Fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

Pesquisar Noticias [ ]

Fale conosco pelo
e-mail secom@unb.br